Ocorreu um erro neste gadget

quarta-feira, 17 de março de 2010

A delícia de ter Fabinho nesse Mar...

Desde o iníco, quando ainda pensava em propor a Outra a montagem do Mar me quer, que eu queria ter fabinho perto de mim, trabalhando conosco. A prieira leitura da obra de Mia me trazia muitas imagens e isso e lembrava o trabalho de pesquisa desenvolvido por ele em seus processos criativos e/ou de formação artísticas e criação de personagens. O trabalho com a poética de mia teria que ser com fabinho junto a mim, eu queria esse grande artesão da cena. E asism foi e assim começa a ser.
Hoje começam os encontros com Fabio Vidal, grande mestre do teatro físico, senhor do despertar da dilatação energértica, gerador de formas e estruturas corporais, despertador de estatuárias e pontos de desequilíbrios...
E assim foi o primeiro encontro com nosso preparador corporal, cheio de estatuárias, movimentos ondulatórios, pontos e trajetórias, dinamoritmos, isolamentos e globalidades corporais, ativação do centro do corpo, despertar de foco, percentuais de energia instalados, ações cotidianas concatenadas a frases, sons e palavras do texto, respirações, qualidades corporais e aproveitamento de acasos e estímulos instaurados (som externo, mal estar do corpo, elementos da sala), e deveres de casa! É com olho que vê e ouvido que ouve que vamos rumo ao próximo encontro... cheios de borbulhações de cabeça, como quem entra no mar e libera o oxigênio ainda dentro d'água!

Seja o primeiro a comentar

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO