Ocorreu um erro neste gadget

segunda-feira, 5 de julho de 2010

um fragmento musical para mar me quer

A cena ocorre quando Luarmina olha o mar, por Luiz Buranga

Quando eu olho pro horizonte
eu nada vejo
Quando eu olho nos seus olhos
desassossego.

A minha vida não tem prumo nem lampejo
Desaprumo quando eu vejo uma flor desabrochar

E quando ouço a voz da noite no fim do dia
É de tanta alegria o cantar do sabiá

E o vento que balança as ondas do mar
Embala a minha vida
Não se deixa desaguar

Seja o primeiro a comentar

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO